Pesquisa
Plataforma de Apoio a Gestão Estratégica - PAGE/UCB

Projeto: Política Monetária e Estabilidade Financeira em um Ambiente Interconectado e de Economia Aberta

Coordenador(a): JOSE ANGELO COSTA DO AMOR DIVINO
Vigência: 15/12/2018 a 28/02/2023
Situação: Ativo
Programa/Curso: Programa Stricto Sensu em Economia
Escola: Escola de Humanidades, Negócios e Direito
Agência: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Edital: MCTIC/CNPQ Nº 28/2018 - UNIVERSAL
Chamada MCTIC/CNPQ Nº 28/2018 - UNIVERSAL
Resumo:
Nos últimos anos, desde a crise financeira de 2008, tanto os países desenvolvidos quanto em desenvolvimento adotaram um conjunto de ações de políticas monetária e macroprudencial como parte de um receituário para recuperar suas economias dos efeitos da crise. O Brasil, por exemplo, implementou uma política de requerimento de depósitos compulsórios para evitar que a economia sofresse uma contração do crédito. Outros instrumentos de política, como a imposição de exigências de capital sobre os empréstimos demandados por pessoas físicas, também foram aplicados como ferramentas anticíclicas para administrar as flutuações de crédito. Essas medidas macroprudenciais foram adotadas simultaneamente a outras ações convencionais de política monetária, dando origem a discussões sobre substituição, complementariedade e efeitos combinados dessas políticas sobre o lado real da economia.
A questão atinge uma dimensão ainda mais ampla quando se considera a interconectividade entre os agentes econômicos, que também ganhou destaque após a crise financeira de 2008, quando ficou evidente como choques localizados (a quebra do Lehman Brothers) tiveram capacidade de gerar efeitos danosos sobre várias outras economias ao redor do mundo. Isso se deve, em parte, ao alto grau de conectividade e exposição entre agentes econômicos, principalmente bancos e grandes firmas, em uma rede financeira. Embora a compreensão de como as redes financeiras amplificam os choques seja de suma importância para os formuladores de políticas, especialmente para estabilidade financeira e risco sistêmico, a literatura ainda está em seus estágios iniciais para entender o papel das redes financeiras como meio de propagação e amplificação de choques. Isso ocorre principalmente porque redes financeiras modernas são inerentemente complexas, já que bancos, firmas e indivíduos participam, normalmente, de inúmeras inter-relações financeiras em vários mercados diferentes.
Assim, dentre os objetivos dessa proposta, pretende-se estudar de que forma as políticas monetária e macroprudencial influenciam na decisão de agentes econômicos e como estas decisões geram reflexos para estabilidade financeira. A proposta possui os seguintes objetivos gerais: (i) Investigar como uma combinação de política monetária, baseada em uma regra de juros, e de política macroprudencial, de exigências de depósitos compulsórios, pode afetar a dinâmica de uma pequena economia aberta com fricções financeiras sob choques exógenos alternativos; e, (ii) Desenvolver novos indicadores econômicos que mensurem o risco sistêmico inerente a ambiente de redes financeiras interconectadas por meio de técnicas de aprendizado de máquina e de redes complexas. Para tanto, emprega-se um instrumental analítico moderno, que envolve modelagem DSGE, programação dinâmica, aprendizado de máquina, redes complexas e estimação Bayesiana. O detalhamento desses objetivos, bem como da fundamentação teórica e metodológica que os embasam, são apresentados mais adiante.
Equipe:
1 - Aline Gadelha de Paula - Aluno
2 - CARLOS ALBERTO TAKASHI HARAGUCHI - Aluno
3 - CARLOS ROBERTO BATISTA ROCHA JUNIOR - Aluno
4 - DANIEL THOMAZ GIACOMELLI NUNES MACIEL - Aluno
5 - DANÚBIA RODRIGUES DA CUNHA - Aluno
6 - JOSE ADEILSON FRANCISCO DA SILVA - Aluno
7 - JOSE ANGELO COSTA DO AMOR DIVINO - Pesquisador Interno
8 - MICHAEL MCALEER - Pesquisador Externo
9 - PEDRO HENRIQUE DE OLIVEIRA - Aluno
10 - RAFAEL ALVES PACHECO - Aluno
11 - THIAGO CHRISTIANO SILVA - Pesquisador Interno
Orçamento Aprovado:
Material de ConsumoR$ 13.979,98
Material PermanenteR$ 5.002,00
Serviço de TerceirosR$ 0,00
Valor TotalR$ 18.981,98
Ir para o menu
Parceiros da UCB
  • FIES
  • Universa
  • Periodicos Capes
  • ProUni
Redes dos cursos
Encontre tudo
Redes sociais da UCB
Universidade Católica de Brasília
Campus I - QS 07 Lote 01 EPCT, Águas Claras - CEP: 71966-700 - Taguatinga/DF - Telefone: (61) 3356-9000
Campus Avançado Asa Norte - SGAN 916 Avenida W5 - CEP: 70790-160 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3448-7134
Campus Avançado Asa Sul - SHIGS 702 Conjunto 2 Bloco A - CEP: 70330-710 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3226-8210
Quem faz? Webadvisor WEBADVISOR