Pesquisa
Plataforma de Apoio a Gestão Estratégica - PAGE/UCB

Projeto: Aplicações de Vine-Cópulas em Economia e Finanças - AVCEF

Coordenador(a): OSVALDO CANDIDO DA SILVA FILHO
Vigência: 17/01/2020 a 15/01/2023
Situação: Inativo
Programa/Curso: Programa Stricto Sensu em Economia
Escola: Escola de Humanidades, Negócios e Direito
Agência: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Edital: CNPq N º 06/2019 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa
Chamada Chamada CNPq N º 06/2019 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa
Resumo:
Existe um reconhecimento de que os dados financeiros apresentam características peculiares, chamadas de fatos estilizados, dentre os quais é possível destacar: (i) a distribuição não condicional dos retornos tende a ser leptocúrtica, ou seja, apresenta caudas pesadas; (ii) ocorrem aglomerações de volatilidade nos dados de retornos e (iii) existe uma assimetria, uma tendência de que mudanças nos preços dos ativos sejam negativamente correlacionadas com mudanças na volatilidade dos preços, no sentido de que uma queda não esperada no preço de um ativo (más notícias) aumenta a volatilidade futura do mesmo mais do que um aumento não esperado no preço (boas notícias) de mesma magnitude. Estudos recentes também encontram evidências de que existe uma dependência assimétrica entre os retornos de ativos, ou seja, estes tendem a ser mais correlacionados em períodos de crise do que em períodos de calmaria no mercado internacional de ativos (LONGIN; SOLNIK, 2001; ANG; CHEN, 2002).
Embora exista um vasto conjunto de distribuições univariadas paramétricas, o conjunto de distribuições multivariadas é muito menor. É preciso construir distribuições multivariadas que acomodem adequadamente o comportamento dos retornos de ativos, levando-se em conta características como assimetria, caudas pesadas e dependência assimétrica, e considerar medidas de dependência mais gerais, tão importantes para a avaliação ótima de portfólios.
A teoria de cópulas tornou mais flexível a modelagem de distribuições multivariadas, sendo amplamente utilizada em anos recentes para lidar com estruturas de dependência assimétricas na distribuição de vetores aleatórios, principalmente financeiros.
As cópulas são funções que ligam as funções de distribuição multivariadas às suas funções de distribuição marginais univariadas, de modo que elas contêm toda a informação relevante sobre a estrutura de dependência entre as variáveis aleatórias (NELSEN, 2006). A decomposição da distribuição multivariada em uma função cópula e nas distribuições marginais univariadas confere maior flexibilidade à modelagem multivariada.
Vários estudos recentes exploram o papel das cópulas na construção de distribuições multivariadas. Em sua maioria, assumem estruturas de dependência estáticas, ou seja, relações de dependência constantes ao longo do tempo, como Mendes e Moretti (2002), Embrechts, et al (2003) e Hurd, et al (2005).
Uma literatura modesta adota uma versão dinâmica da teoria de cópulas, permitindo capturar mudanças na estrutura de dependência ao longo do tempo. Patton (2006) definiu a cópula condicional (SILVA FILHO et al, 2014). Outros autores, como Jondeau e Rockinger (2006), Rodriguez (2007), Okimoto (2008), Silva Filho et al (2012) e Silva Filho e Ziegelmann (2014), exploram modelos de cópulas condicionais com mudança de regime. Podemos encontrar também exemplos semi-paramétricos (Hafner and Reznikova 2010) e abordagens adaptativas (Giacomini et al. 2009).
Recentemente têm ganhado popularidade as abordagens baseadas em funções scores com dinâmica baseada em uma função score autoregressiva generalizada - Generalized Autoregressive Score (GAS) function - proposta por Creal et al. (2013); e também o modelo Stochastic Autoregressive Copula (SCAR) proposto por Hafner and Manner (2012).
A necessidade de aperfeiçoamento da modelagem das distribuições multivariadas de séries financeiras e estudo de medidas de dependência capazes de capturar apropriadamente o comportamento dos retornos motiva a presente proposta de pesquisa.

A pesquisa será dividida em duas vertentes principais que se inter-relacionam perfeitamente entre si:

1. Cópulas dinâmicas e dependência assimétrica nos mercados financeiros internacionais

2. Modelos e aplicações baseados em pair-copulas em finanças
Equipe:
1 - OSVALDO CANDIDO DA SILVA FILHO - Pesquisador Interno
Orçamento Aprovado:
BolsasR$ 39.600,00
Valor TotalR$ 39.600,00
Ir para o menu
Parceiros da UCB
  • FIES
  • Universa
  • Periodicos Capes
  • ProUni
Redes dos cursos
Encontre tudo
Redes sociais da UCB
Universidade Católica de Brasília
Campus I - QS 07 Lote 01 EPCT, Águas Claras - CEP: 71966-700 - Taguatinga/DF - Telefone: (61) 3356-9000
Campus Avançado Asa Norte - SGAN 916 Avenida W5 - CEP: 70790-160 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3448-7134
Campus Avançado Asa Sul - SHIGS 702 Conjunto 2 Bloco A - CEP: 70330-710 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3226-8210
Quem faz? Webadvisor WEBADVISOR