Pesquisa
Plataforma de Apoio a Gestão Estratégica - PAGE/UCB

Projeto: OS EFEITOS DE MIGRAÇÃO NO LONGO PRAZO SOBRE DIVERSOS FENÔMENOS ECONÔMICOS

Coordenador(a): PHILIPP EHRL
Vigência: 01/03/2022 a 28/02/2025
Situação: Ativo
Programa/Curso: Programa Stricto Sensu em Economia
Escola: Escola de Humanidades, Negócios e Direito
Agência: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Edital: CNPq Nº04/2021 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa - PQ
Chamada Chamada Única
Resumo:
O presente projeto pretende ampliar a fronteira de conhecimento sobre cultura, sua transmissão entre gerações, sua possível persistência ao longo do tempo, e seus efeitos sobre diversos fenômenos econômicos. Nas duas últimas décadas, uma literatura crescente estabeleceu que valores e normas culturais são transmitidos entre gerações e que a cultura afeta a qualidade de instituições, o desenvolvimento econômico, entre outros (Alesina et al., 2013). Por exemplo, Alesina e Giuliano (2010) encontram evidências da persistência dos papéis de gênero e a transmissão desses valores na própria família. De acordo com Dohmen et al. (2012), atitudes como confiança e risco também são herdadas dos pais. Borjas (1995) mostra que as diferenças de habilidades étnicas persistem ao longo de gerações, porque existe uma externalidade do capital humano nos bairros étnicos. Do ponto de vista teórico, Bisin e Verdier (2000) demonstram que a persistência cultural pode ser alcançada por casamentos intra-étnicos e maiores esforços de socialização por grupos minoritários.

A abordagem proposta dentro desse projeto se destaca da literatura atual pela identificação de efeitos causais usando instrumentos exógenos. Outro ponto crucial que destaca a presente proposta dos artigos citados acima é que, não apenas se pretende analisar o comportamento de indivíduos com diferentes nacionalidades, mas também de descendentes superiores a segunda geração de imigrantes. Essas pessoas, nascidas e criadas no mesmo país, enfrentam as mesmas instituições, mas diferem potencialmente em sua herança cultural, conforme refletido no país de origem de seus ancestrais. Contar com a experiência de descendentes de imigrantes de vários países ancestrais que moram no mesmo país para avaliar o efeito da cultura em resultados econômicos ou outros resultados sociais é frequentemente referido como a abordagem epidemiológica da análise da cultura. Para inferir a ancestralidade de brasileiros a partir de seus sobrenomes aplica-se algoritmos de aprendizado de máquina em grandes bases de dados com sobrenomes atuais e em bases históricas de imigrantes com sobrenomes e país de origem de acordo com Monasterio (2017).

Destarte, com a presente projeto, propõe-se uma agenda de pesquisa nas seguintes áreas do conhecimento onde espera-se efeitos substanciais e onde há carência de pesquisa quantitativa: empreendedorismo, educação, gestão financeira e vantagens de aglomerações no mercado de trabalho. Os principais eixos comuns nas análises desses fenômenos são a metodologia empírica com uso de variáveis instrumentais, as dimensões de cultura e a identificação de persistência cultural via sobrenomes. Pretende-se analisar as diferenças culturais e seus efeitos tanto entre países quanto entre regiões brasileiras.
Equipe:
1 - PHILIPP EHRL - Pesquisador Interno
Orçamento Aprovado:
BolsasR$ 39.600,00
Valor TotalR$ 39.600,00
Ir para o menu
Parceiros da UCB
  • FIES
  • Universa
  • Periodicos Capes
  • ProUni
Redes dos cursos
Encontre tudo
Redes sociais da UCB
Universidade Católica de Brasília
Campus I - QS 07 Lote 01 EPCT, Águas Claras - CEP: 71966-700 - Taguatinga/DF - Telefone: (61) 3356-9000
Campus Avançado Asa Norte - SGAN 916 Avenida W5 - CEP: 70790-160 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3448-7134
Campus Avançado Asa Sul - SHIGS 702 Conjunto 2 Bloco A - CEP: 70330-710 - Brasília/DF - Telefone: (61) 3226-8210
Quem faz? Webadvisor WEBADVISOR